Qua, 22 de Novembro de 2017

Prefeitura de Mariana cria Comitê Gestor de Risco para atuar no período chuvoso - 09/11/2017 | 08:36

Crédito: Eliene Santos

O período de chuva mal começou e a Prefeitura de Mariana já se prepara para atuar. O prefeito Duarte Júnior se reuniu com o coordenador da Defesa Civil, Welbert Stopa, e os principais gestores de outras secretarias para traçar medidas contra as chuvas. Na ocasião foi criado o Comitê Gestor de Risco composto por membros de diferentes setores que farão o mapeamento da sua mão de obra, bem como os recursos disponíveis para atuar nessas situações, caso haja necessidade.

"Embora a prevenção seja o caminho mais fácil, mais seguro e barato, não há prevenção capaz de reduzir totalmente a ocorrência de desastres, e assim a preparação para as ações de resposta é muito importante. Por isso criamos o Comitê. Todas as pessoas que estão à frente dele são extremamente competentes e, com certeza, farão um excelente trabalho", destacou o prefeito. Segundo o coordenador da Defesa Civil os membros do Comitê se reunirão todas as segundas-feiras para uma análise da semana anterior e medidas para a posterior. Até o mês de março de 2018, período em que se encerram as fortes chuvas.

MEDIDAS PREVENTIVAS: A Defesa Civil de Marina também realiza ações efetivas contra os desastres das chuvas na cidade, como vistorias preventivas, mapeamento das áreas de risco, campanhas educativas, desassoreamento de rios e córregos, desobstrução de sistemas de drenagens, dentre outras. O município possui um Plano de Contingência que conta com a participação das secretarias municipais. O plano foi previamente elaborado para orientar as ações de preparação e resposta a um determinado cenário de risco, caso o evento adverso venha a se concretizar.

Veja as dicas da Defesa Civil nesse período de chuva:

  • Fique atento à movimentação do solo ou aparecimento de trincas e rachaduras em taludes.
  • Quem mora perto de rios e córregos deve ter o máximo de atenção ao nível de subida das águas.
  • Em casos mais graves, como aparecimento de rachaduras nas paredes, barulho estranho, muita infiltração, deixe imediatamente sua residência.
  • Nunca tente atravessar em águas de enchentes e enxurradas, mesmo estando de carro, moto ou bicicleta, pois as águas são muito violentas e pesadas, podendo arrastá-lo.
  • Nas ruas, evite abrigar-se sob árvores. Elas atraem raios e os galhos podem feri-lo, caso caiam.
  • Evite o contato com as águas em caso de enchentes. Essa água é altamente contaminada pelos esgotos e poluição das ruas.

Em caso de situações de risco a Defesa Civil deve ser acionada rapidamente através do 199.


VOLTAR