Sab, 21 de Outubro de 2017

Teatro Santo Agostinho com programação infantil - 08/10/2017 | 08:49

A TW Cultural e o Teatro Santo Agostinho apresentam, de 08 de outubro a 05 de novembro, o Projeto TráLáLáLáLi 2017, dedicado ao teatro infantil musicado de Minas Gerais. As apresentações acontecem no Teatro Santo Agostinho localizado na Rua Aimorés, 2679, no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte. Os ingressos são vendidos a R$ 40 e R$ 20. Os interessados poderão adquiri-los no site www.sympla.com.br/tw a R$ 17 (preço único).

O Projeto TráLáLáLáLi entra em seu 4º ano de existência. Neste ano, a programação inclui contação de histórias, show musical e teatro infantil. Confira a agenda: 

Dia 08/10 (única apresentação, domingo, 16h) - Bichos de Todos Os Jeitos, contação de histórias com Roberto de Freitas e convidados
Dias 14 e 15/10 (sábado e domingo, 16h) - Histórias da Arca – Comemoração dos 10 anos – com Ana Cristina e banda
Dias 21 e 22/10 (sábado e domingo, 16h) – Soldadinho de Chumbo, da Cyntilante Produções
Dias 28 e 29/10 (sábado e domingo, 16h) – Os Saltimbancos, da Cyntilante Produções

O nome TráLáLáLáLi foi extraído do poema O Menino Poeta, de Henriqueta Lisboa, que ganhou versão musicada para o teatro pelos cantores Thelmo Lins e Wagner Cosse, em 2010.

O projeto tem apoio do Colégio Santo Agostinho.

Saiba um pouco sobre cada montagem:

Bichos de Todo Jeito, com Roberto de Freitas e convidados

Espetáculo infantil de contação de histórias, cantigas e brincadeiras, Bichos de Todo Jeito é fruto de uma pesquisa da tradição oral brasileira, recolhida e adaptada pelo contador de histórias Roberto de Freitas. Ele pinçou temas que envolvem os bichos do mato e outros, já quase extintos, que habitam o coração e a imaginação das crianças de todas as idades, sempre com muito humor. Dentre eles, estão a onça e o coelho, a lagartixa, a pombinha perguntadeira, a barata e as comadres preguiças. Duração: 50 minutos.

Histórias da Arca, com Ana Cristina e banda

A pulga vai. O gato também. O pato idem. As abelhas correram na frente para garantir seu lugar. Eles se reúnem para a festa em comemoração aos 10 anos de atividades do espetáculo Histórias da Arca, que já circulou por várias cidades de Minas, Paraná e Mato Grosso no Sul. No elenco, a cantora Ana Cristina, Caio Gracco (baixo, vocais e brinquedos), Cláudio Moraleida (violão, cavaquinho, voz e brinquedos) e Serginho Silva (percussão). O roteiro, criado pela cantora, costura as canções de Vinicius de Moraes com histórias nas quais o público se envolve e participa. Os embriões são dois CDs lançados pela artista, com canções como A Casa, A Porta, As Abelhas, O Relógio, de Vinicius e parceiros, e obras de domínio público. A trupe também promete uma surpresa para os dias das apresentações. Qual será? Duração: 60 minutos.

Soldadinho de Chumbo

O musical é uma emocionante adaptação do conto de fadas escrito por Hans Christian Andersen e publicado, pela primeira vez, em 1838. Na história, um boneco, que tem apenas uma perna, se apaixona por uma bailarina, que também é uma boneca, e se equilibra como ele. Os atores, cantores e bailarinos dão vida aos personagens, que embalam a contação de histórias com um repertório musical incluindo A Bailarina (Toquinho), Ciranda da Bailarina (Edu Lobo e Chico Buarque), Fico Assim Sem Você (Abdullah e Cacá Moraes), dentre outras canções conhecidas. No elenco, Ricardo Sabino, Hadassa Baptista, Rafael Ventura, Alex Alves, Marinah Velasques. A direção e a iluminação são de Fernando Bustamante. Cynthia Dias assina o cenário e Ricca Costumes, os figurinos. 50 minutos.

Os Saltimbancos

Os Saltimbancos é um musical infantil italiano, com letras de Sergio Bardotti e música de Luis Enríquez Bacalov, inspirado no conto Os Músicos de Bremen, dos irmãos Grimm. No Brasil, ganhou versão em português e músicas adicionais de Chico Buarque. Ele conta a história do Jumento, do Cachorro, da Galinha e da Gata, que decidem ir à cidade para serem músicos. Esta montagem, da Cyntilante Produções, já foi vista por mais de 200.000 pessoas, em mais de 1.000 apresentações, desde que estreou em 2000.  Desde então, conquistou os prêmios de Melhor Espetáculo e Melhor Atuação no 1º Festival Nacional de Teatro de Juiz de Fora, e teve duas indicações ao prêmio Bonsucesso (Melhor trilha Sonora e Melhor ator coadjuvante). A trilha sonora, adaptada pelo compositor mineiro Leri Faria, e as coreografias de sapateado, realizadas pelo coreógrafo Eurico Justino, continuam sendo o maior atrativo da montagem, além da atuação primorosa dos atores. No elenco, Marcus Vinicius, Paulo Victor, Dani Cassimiro e Bella Michielini. Direção de Raimundo Farinelli. 50 minutos.


VOLTAR